Páginas

A Família Bélier

A Família Bélier fez furor em França e como adoro o sentido de humor francês (e adoro a língua e a música) não quis perder de todo este filme. Passemos então à história em si: Paula é a única da família que não é surda e é o elo de ligação entre os pais e o mundo lá fora. Esta adolescente tem uma vida absolutamente normal e um dia o seu professor de coro descobre que Paula canta bem e que esse é o seu enorme talento e incita-a a participar num concurso em Paris, mas isto implica deixar os Bélierssozinhos nas suas próprias mãos e Paula tem que decidir se quer continuar a ser o suporte da família ou se quer seguir o seu sonho.

Este filme é uma comédia dramática, com boa música francesa à mistura. Com direito a linguagem gestual e tradução das mesmas, com dramas adolescentes e músicas de lacrimejar. Muito muito bom, está excelente e é uma ideia muito simples estupidamente bem explorada. Este filme merece que eu ande a cantar Mes chers parents, je pars, Je vous aime mais je parsnas próximas semanas! Fez com que o meu pequeníssimo conhecimento de linguagem gestual ressuscitasse (e adorava aprender mais) e fiquei ainda mais encantada coma língua francesa que tanto me diz e que faz parte do meu ADN. Gostei.


Sem comentários:

Enviar um comentário