Páginas

Gratidão

Não consigo expressar toda minha gratidão por tudo. Soa cliché mas é verdadeiramente aquilo que sinto. Sou uma rapariga eternamente grata. Por tudo. Pelas pessoas que me rodeiam. Pelas oportunidade que surgem todos os dias. Pela liberdade que tenho. Pela educação e pela minha escolaridade. Sou grata pela minha família, pelas viagens, por ter sempre algo à mesa na hora de comer. Por ter o que vestir e por me poder dar ao luxo de ter algumas coisas. Sou eternamente grata por ter quem se lembre de mim, por ter quem gosta verdadeiramente da pessoa que sou. Grata pela minha felicidade e pela felicidade dos outros. Grata por conseguir sorrir todos os dias e por me darem sempre a oportunidade de ser melhor e de fazer melhor. Por ser uma sortuda e por jamais ser impedida de sonhar mais alto. Grata por ter um fácil acesso a meios essenciais à vida. Sou uma sortuda e tenho mesmo que reconhecer isto. Estou sempre extremamente grata por tudo aquilo que a vida me trouxe e por tudo aquilo que a vida me fez!


TRAVEL | Wishlist de Lisboa

Para fazer com que não faltem locais a visitar para "O Objectivo" de todos os meses enriquecer culturalmente mais um bocadinho visitando um espaço diferente, fiz uma lista de sítios nos quais não me importava nadinha de pôr os pés. Dos onze sítios incríveis que a capital nos tem para oferecer, visitei cinco quando era mais nova mas as saudades obrigam-me a sentir necessidade de os revisitar, de os explorar e de lhes dar um pouco mais do meu tempo para os ver com calma, com um grupo mais pequeno, com pouca pressa, mais idade e obviamente com mais bases de História. 

Palácio da Pena

Palácio e jardins de Monserrate

Quinta da Regaleira

Lisbon Story Centre

Arco da Rua Augusta

Museu do Oriente

Catselo de Mouros

Centro Cultural de Belém

Palácio de Queluz

Ruínas do Convento do Carmo

Oceanário

WWW | Mais Canais de Youtube para Subscrever!

Depois de vos apresentar os New Age Craetors, a Ana Marta e a Sara Williams (nesta publicação) que eram a minha obsessão do momento, trago-vos os meus vícios dos últimos tempos. Quatro canais. Temas diversificados. Uma portuguesa, dois espanhóis, um brasileiro e dois americanos. Que tal? Esta edição é variadíssima mas todos têm algo em comum: talento e paixão pela vida e por tudo o que fazem. Já conheciam algum? Qual o vosso favorito?


Entre a comunidade de youtube em Portugal, considero-a bem conhecida. Sigo a Inês há anos e foi das primeiras youtubers que comecei a assistir regularmente. Distingo-a pela genuinidade, a simpatia, os vlogs das viagens que faz, por ser mega querida e por estar sempre a tentar ajudar os outros. É uma bomba  de energia e de positividade a cada vídeo que faz. Sobre o conteúdo, como o nome indica é um canal de moda e beleza mas para além disso é um canal de ajuda a todos com experi~encias e opiniões vincadas. São paisagens bonitas e tags engraçadas. Prezo-a muito pela sinceridade, a honestidade e a positividade com que vive a vida.



Um canal que é um bebé mesmo. Só existe há dois meses e os vídeos já são brutalérrimos! São feitos em espanhol mas é perfeitamente perceptível o que dizem (não tenho nem nunca tive aulas de espanhol e compreendo o que dizem perfeitamente). Dois fotógrafos espanhóis que nos trazem vídeos de viagens (so far Tenerife, Bangkok na Tailândia e Japão) e sobre fotografia. Dão gosto assistir até ao fim de tão inspirador, de tão bonito e de tão boa edição têm. Isto é um tesouro do youtube mesmo! Descobri-os no instagram que já agora também é fabuloso!


Quando eu achava que um canal de youtube totalmente dedicado à saga Harry Potter era muito limitado deparo-me com o Observatório Potter e o que não falta neste canal é diversidade nos temas, mesmo girando à volta do mais famoso feiticeiro de sempre. Entre merchandising, biografias da personagens, curiosidades, cenas cortadas, e muitos outros diversos. É fabuloso encontrar-mos alguém que goste tanto da saga como nós e que em cada vídeo é mais deliciosos que o outro. O Thiego sabe do que fala e adoro a opinião dele sobre os mais diversos temas à volta de Harry Potter e as críticas à diferença e as coisas absurdas que houveram nos filmes. É engraçado e é sempre giro de assistir. Recomendo muito!



Passo a vida a dizer que não vejo vlogs sem contar com a excepção de sempre: eu só vejo vlogs de viagens. Porquê? Porque são realmente interessantes e porque literalmente me transportam para tantos locais do mundo que gostava de visitar. O Aspyn+Parker é dos pouquíssimo canais de vlogs que sigo e sou subscrita pela fofura do casal, pelos locais belíssimos e pela doçura e cumplicidade. Sigo-os à apenas um mês e ainda não pararam de viajar. Quão incrível é?


TRAVEL GUIDE: CHAMBORD | Chateau de Chambord

Depois da minha primeira viagem de avião e de pouquinhos dias por Paris tive a oportunidade de explorar em família outros sítios não tão icónicos como a cidade das luzes. Estive na Bretanha e na Normandia e depois em Chambord e em tantas terriolas pelo caminho. E o Castelo de Chambord, ou para ser mais "chique" o Chateau de Chambord marcou-me muito. Pouca ou inexistente era a minha formação em História (relembrar que tinha só oito anos) mas era um castelo tão rico, tão bonito e tão marcante que foi impossível não ficar boquiaberta a cada sala do castelo. Lembro-me como se fosse ontem das escadarias desenhadas pelo Leonardo Da Vinci que são em espiral uma ao lado da outra mas jamais se cruzam. Lembro-me dos jardins, dos passeios de bicicleta, da pequena tapada e dos animais de caça que se podiam observar. É um castelo renascentista que impõe respeito e que fez as delicias de uma Leonor pequenina à descoberta do mundo. Tenciono lá voltar para apreciar tudo com um bocadinho mais de olho crítico!



Este vídeo da Real Federação Espanhola de Ginástica foi uma alegre surpresa. Para além de misturar as minhas disciplinas preferidas na ginástica, é um vídeo cheinho de ritmo e atitude como só os ginastas espanhóis sabem. To be honest, os espanhóis são dos meus preferidos ao pódio nos Jogos Olímpicos na vertente da ginástica rítmica que é obviamente aquilo que mais acompanho e admiro!

Fotografia em Casa

Algo que adoro de coração fazer quando tenho tempo e a luz natural colabora é fotografar dentro de casa e explorar todos os cantinhos. Explorar outras perspectivas, objectos pouco usuais e jogar com as cores e com a luminosidade. Nas férias passadas tentei fazer um pouco disto e explorar mais o local que me rodeia e a potência da minha lente. É um excelente exercício para quem quiser tentar evoluir a nível fotográfico como eu. Não só é giro explorar um local tão próximo de nós assim como a sua natureza, as suas pessoas, as suas coisas. É confortável e é tão bom quando obtemos o resultado que queremos e de nos apercebermos que evoluímos um bocadinho e aprendemos também um pouco com estas pequenas experiências. Algo a repetir muitas mais vezes!


TRAVEL GUIDE: LISBOA | Real Bodies

Há muito que queria ver esta exposição internacional do corpo humano e eis que surgiu a oportunidade. Antes que fechasse queria por os meus olhos em cima desta já que o feedback com que contava de amigos e familiares era muito bom. É uma viagem totalmente focada naquilo que nos é a todos comum: o nosso corpo e deixem-me que vos diga, é fascinante. 

É uma exposição com corpos humanos e órgãos reais que não me fizeram impressão (excepto uma sala que falo mais à frente) mas que poderão fazer às pessoas mais sensíveis. As salas são sobre, respectivamente,  o esqueleto, os músculos, o sistema digestivo, urinário, reprodutor (a parte que me fez impressão foi a dos fetos, está mesmo sinalizada como sendo uma sala não aconselhável aos mais sensíveis e pode-se passar à frente), circulatório, respiratório, nervoso, uma área sobre próteses e sobre o desporto (no total dez salas). Promove (muito!) a vida saudável mostrando a diferença entre o pulmão de um fumador e de um não fumador com uma caixa ao lado para as pessoas colocarem o seu último maço de tabaco como sinal que a partir daquele momento irão deixar de fumar. Mostra também outros exemplos de órgãos nada saudáveis e apela à mudança de hábitos. As minhas áreas preferidas foram sem qualquer sombra de dúvidas a do sistema cardiovascular e onde estão expostos capilares sanguíneos de um corpo inteiro o que é fascinante (e faz me muito lembrar corais!). Gostei particularmente da parte do esqueleto, dos seus ligamentos e de conhecer um pouco mais. É uma exposição seguida por imensas curiosidades engraçadas e por estudantes da área da saúde que estão dispostos a responder a dúvidas dos visitantes (uma excelente jogada, na minha opinião!). 

Não pretendo seguir nenhuma área ligada à saúde nem ao corpo humano mas aprender nunca é de mais. É verdade, o bilhetes são bem caros (paguei 13,50€ como estudante) mas a meu ver paga-se o conhecimento, todo o trabalho que houve para a concretização desta exposição e acho justo porque saí de lá um pouco mais rica. É algo completamente diferente e não tem nada a haver com outro tipo de exposições. Outro ponto negativo a apontar, como envolve muita gente por vezes torna-se ruidoso, confuso e não dá para andarmos ao nosso ritmo ou então temos que estar muito tempo numa multidão para conseguir ver uma vitrina. Existem audio guias que são 3€ mas pelo que li não acrescentavam quase informação nenhuma às legendas das peças expostas. Está até dia 10 de Abril na Cordoaria Nacional em Belém. É interessante e diferente, para mim valeu totalmente a pena.


Não é permitido tirar fotografias no interior do espaço por isso a imagem que ilustra esta publicação foi retirada do facebook da Exposição Real Bodies e não é da minha autoria.