Páginas

Jogos Olímpicos

É um dos eventos mais esperados do ano para mim e o meu entusiasmo é incontrolável! Todos os anos o pensamento de "só mais três anos" "só mais dois anos" "só mais um ano" leva a minha cabeça ao cúmulo da excitação.  São os melhores do mundo nas suas disciplinas reunidos numa só cidade e que durante mais de duas semanas competem para estarem no pódio e/ou até serem medalhados como campeões olímpicos. São as cerimónias de abertura e de encerramento, as maratonas a ver os mais diversos desportos e o desejo eterno de poder lá estar a assistir.

 Antes de mais não acho que o Brasil tenha condições para ser palco de um evento desta grandiosidade, não está preparado e não está estável economicamente, financeiramente, politicamente, socialmente e muitos mais palavrões terminados em "mente". Mas o que posso eu fazer? Só espero que nada corra mal porque há muito por onde o evento se pode desmoronar. 

Estou interessada em ver ginástica rítmica (óbviamente), ginástica artística, ginástica de trampolins, voleibol, badmington, esgrima, saltos ornamentais (aquele mortais incríveis para uma piscina) e vejo o resto por gosto. Estes são os principais que gostaria de ver, os outros desportos se estiverem a dar e tiver tempo para ver provavelmente vou sentar me e apreciar os mais incríveis atletas que foram apurados para estas Olimpíadas. Se perder algumas modalidades que me interessam também existe uma coisa incrível denominada de internet para voltar a ver. Felizmente já estou em terras lusas aquando das competições de rítmica (de 19 a 21 de Agosto: Dia 19 apuramento individuais para a final, dia 20 apuramento de conjuntos para a final e final de individuais em todos os aparelhos e dia 21 final de conjuntos)

Agora rítmiquisses. Eu apaixonei-me pela ginástica rítmica em 2008 com os Jogos Olímpicos de Pequim e em Setembro quis entrar para o desporto magnifico e tive em tempos o sonho utópico de ser ginasta olímpica. Os Jogos Olímpicos deram me a conhecer uma modalidade que me envolvem de uma maneira inexplicável e que vivo com tanta paixão. No ano passado tive a oportunidade de ver as melhores do mundo na Taça do Mundo de Lisboa e consegui actualizar-me neste mundo. Mal posso esperar por ver as raparigas cheias de atitude que vi competirem no Pavilhão do Casal Vistoso no ano passado, mais elegantes, com mais garra, com fatos mais incríveis e com o pódio a pontuações de distância. Aposto que a Yana Kudryavtseva da Rússia leva o primeiro lugar na competição individual (embora adorasse que a Margarita Mamun, também russa, lhe desse uma coça) e que o conjunto russo leva ouro para casa. Excluindo estas que muito ver a Melitina da Bielorrússia, a Carolina Rodrigues (que penso que se despedirá da modalidade no próximo mês com um beijo no tapete, como é tradição, já que é a mais velha ginasta a competir, vinte e nove anos e a idade não dá tréguas, sobretudo num desporto como este), a Ganna da Ucrânia que transpira expressão e  garra por todos os poros do corpo e a fofinha da representante sul coreana Son Yeon Jae que brilha sempre que pisa o praticável! E a Salome (Geórgia), a Marina (Azerbaijão), a Neta (Israel) também são incríveis. Estas são só algumas das que vão participar. Já nos conjuntos estou a torcer por nuestras hermanas que levam a alegria e  a boa disposição a onde quer que vão e às israelitas e as ucranianas que também são estupidamente boas!

E chega de dissertação por hoje. obviamente que estou a torcer por todos os nossos atletas que envergam orgulhosos as nossas cores e para além da excelente participação que aposto que vão fazer adorava que trouxessem pelo menos uma medalha para terras lusas! Espero mesmo que o Rio 2016 corra pelo melhor e que seja memorável pelas melhores razões! Já só faltam nove dias!


EAT&DRINK | Domino's

Já conhecia a cadeia de alimentação há algum tempo e sempre me babei para as fotografias das deliciosas pizzas nas redes sociais. Ontem foi a minha vez de experimentar as tão badaladas pizzas Domino's que são fabricadas num espaço giríssimo e cheio de pinta. Com muita luz e no restaurante a que fui tinha um quadro de giz gigante para escrever mos o que bem nos apetecia (até um pikachu lá desenhado havia!). Só critico o espaço por não haverem muitas mesas e termos que ficar de pizza na mão a arrefecer à espera que alguém acabe a sua refeição.

Os meus amigos bem me dizem que só apanho promoções e o sucedido aconteceu: fui pedir uma das pizzas mais caras (há as pizzas clássicas, as favoritas e as premium e o preço aumenta gradualmente de umas para as outras e ainda existe a opção de criares a tua própria pizza) e saiu-me cinco euros mais barata por uma promoção que eu não tinha visto sequer. Pedi uma Festim de Queijos média (para que não haja dúvidas na altura de escolher tamanhos a pizza de tamanho pequeno é excelente para uma criança ou para alguém que não come muito, a média é do tamanho das pizzas que é só por no forno que compramos no supermercado e a grande serve para duas ou três pessoas, depende do quão esfomeados estão) e estava muito boa. Levava quatro tipos de queijo e era tãããão deliciosa! Gostei especialmente de ver o meu nome num ecrã do restaurante que dizia quanto tempo demorava e o que estava a acontecer à minha pizza. Se estava no forno, se estavam a testar a sua qualidade, se estava a ser feita, se estava pronta e foi só esperar cerca de dez minutos e lá estava ela. Devo dizer que o pão de alho também é delicioso! Infelizmente não tenho nenhuma foto para vos mostrar o quão incrível a minha pizza estava. Achei a relação qualidade preço aceitável e sem dúvida que recomendo!




Se o meu grupo da ginástica não se tivesse alterado tanto de um ano para o outro, hoje estava a ir para um evento europeu de ginástica na República Checa.

Na vossa opinião qual é a melhor idade para nos iniciarmos no mundo da maquilhagem?

WWW | The Sorry Girls

Se vocês gostam de DIYs este canal é mesmo para vocês. Duas canadianas, a Becky e a Kelsey que criam coisas brutais e úteis (atenção para este ponto que a maioria de DIYs que vejo não servem para absolutamente nada). Fazem coisas giras e originais, tanto de decoração assim como roupa, sapatos,  acessórios, bijutaria e muitos mais extras super criativos. 

Fazem tudo passo a passo e até que parece fácil de concretizar! Fazem também os típicos vídeos de presentes de última hora para as mais diversas ocasiões e para ser honesta estou com três DIY's debaixo de olho: uma parte de cima de bikini (o primeiro deste vídeo), um cobertor em forma de cauda de sereia (aqui) e um mapa mundo em cortiça (aqui). São miúdas com ideias de génio e que me fazem querer pôr em acção a Leonor DIYer que há em mim! 

Se estão à procura de um disfarce é aqui que vão encontrar maneira de o fazer, têm tantas opções e parece tão fácil de fazer! Fazem também vídeos de tendências, de comida, de lookbooks e muito mais. É um canal variado mas foca essencialmente aquilo pela qual as duas youtubers são apaixonadas: Os Do It Yourself. São uma maneira barata de criar algo giro e que poderíamos adquirir por um balúrdio e vamos ser sinceros, é muito mais giros fazer-mos com as nossas próprias mãos as nossas coisas! Acreditem, sigo imensos canais de DIYs e não há nenhum que chegue aos calcanhares do The Sorry Girls! Fazem vídeos desde 2011 e merecem muito a vossa visita! Super recomendo!


Finding Dory

Eu era muito pequenina quando estreou o À procura de Nemo mas lembro-me de algumas coisas do filme que vi cinquenta vezes nesse ano. Já em 2016 fui ao cinema para ver o À Procura de Dory que é em duas palavras adorável e encantador.

É a história da procura dos pais da Dory que esta está desesperada por encontrar e conta com a ajuda do Marlin, do Nemo e de mais animais aquáticos que encontra pelo caminho! Esta tem pequenos flashbacks nos quais ainda era uma adorável criança (vamos só salientar o quão adorável a Dory era em pequena!). Dory faz uma viagem enorme e vive diversas aventuras entusiasmantes enquanto procura a sua família. É um filme refrescante, com pequenas piadas e aventuras e plot twists que não lembram  ninguém. É um filme bom e apesar de muitas crianças estarem sentadas na sala de cinema havia também muitos jovens que viveram o que foi o fenómeno do À Procura de Nemo.

Recomendo muito irem ver, é adorável e tem uma história muito gira! É indicado para todas as idades e não poderia ter saído mais contente do cinema!


we are the champions

Não sou particularmente fã de futebol pelos mais diversos motivos mas hoje foi diferente. Apesar de não ter estado atenta ao jogo, o futebol junta as pessoas e une-as como mais nada consegue fazer. O nacionalismo e o ambiente de festa sentido é contagiante e formidável e é praticamente a única coisa que gosto no futebol: o ambiente que traz. Foram tachos e panelas ao lado de grandes amigos, bandeiras e cachecóis ao vento, foram as buzinadelas pela minha cidade, a festa e a alegria. Foi um amigo atirar-se completamente vestido para a piscina quando marcámos golo e é um orgulho como portuguesa que sou ver o meu país ir mais além e a conquistar feitos históricos. Não podemos esquecer obviamente que nos sagrámos também campeões da Europa de natação, atletismo, ciclismo, lançamento do peso e de triplo salto! Quão incrível?! Estamos de parabéns, sem dúvida que merecemos todos os títulos que recebemos!


VIAGENS | Things I Do When I Travel

Fazer uma lista
O que seria de mim sem uma lista de coisas a levar? Provavelmente deixava metade das minhas coisas em casa. É importantíssimo para que nada falhe e coloco sempre aquilo que não pode mesmo falhar (como o cartão de cidadão) com uma setinha, ou em maiúsculas. Bom, aqui já entro noutro campo no qual cada um tem a sua forma de se organizar e as suas prioridades. Pesquisar listas na internet também ajuda muitas vezes a ver aquilo que nos falta!

Ter cuidado com os líquidos e outros objectos proibidos
Tenho que voltar a ter isto muito em atenção este ano. Não podem exceder os 100ml todos os artigos líquidos que vão na cabine. Encher alguns boiões pequeninos dados em hotéis levar as amostras reservadas somente para uma viagem de avião ente outros. No ano passado o aeroporto de Lisboa ganhou uma lima minha e por isso este ano vou ter extra cuidado para não acontecer o mesmo. Vou procurar listas de coisas proibidas nos aeroportos e companhias aéreas para que não volte  a acontecer.

Não levar coisas demasiado importantes em locais fáceis de serem retirados
Tenho mesmo muito medo que tirem as minhas coisas da mochila e eu não facilito. Costumo passear com uma mochila e na bolsa pequena nunca vai nada de demasiado importante. As coisas importantes vão sempre no compartimento grande da mochila (carteira, dinheiro e.t.c.). Custa mais a procurar mas também nos custa mais a ser retirado. Enquanto que se me abrirem o compartimento mais pequeno eu não noto, quando abrem o compartimento maior já sinto. É preciso muita precaução com isto sobretudo em locais com muita gente e com muito movimento.

If you find this phone please call...
No ano passado coloquei no ecrã antes de se desbloquear o telemóvel uma coisa que dizia "If you find this phone please call..." mais uma vez para que se me esquecer dele, mo for retirado ou algo do género para que tenha uma pequena hipótese de o recuperar. Coloco sempre o número de alguém que está a viajar comigo e o +351 no início como indicativo de Portugal. Vou voltar a afazer o mesmo este ano!

Fazer o trabalho de casa e levar já sítios pré definidos para ver
Mais que óbvio. Apesar de irmos de férias vamos para conhecer e devemos levar já locais pré estipulados para visitar. Pesquisar horas de abertura e de encerramento, dias em que os locais estão fechados, isto é importante para que sejam dias recheados e que (numa visita mais cultural) não se perca pitada.

Levar os objectos de maior valor na bagagem de mão
Nunca levei o meu computador em viagens mas já ouvi inúmeras dicas para o levar sempre em bagagem de mão. Para além disso coisas como phones, carregadores, livros, máquinas fotográficas telemóveis, leitores de música devem ir sempre contigo. Na minha óptica na mala que vai no porão deve ir somente o básico: roupa e calçado.

Ter atenção na roupa e no calçado
Devem testar-se e ver o que é mais confortável para vocês. Por exemplo para mim é para morrer andar um dia inteiro de calções por muito calor que esteja, não consigo, assim como certo tipo de calçado. Há sapatilhas que são confortáveis durante uma horas mas após percorrerem uma cidade a pé começam a maçar. É preciso ter isso em mente, e antes de tudo está o conforto.

Morada do alojamento e número de telemóvel dos que nos acompanham
Pronto, mais uma vez com o meu medo de (me) perder eu levo sempre na minha carteira um papelinho onde está a morada do alojamento e os contactos e ainda os contactos de quem me acompanha. Uma pessoa prevenida vale por duas.

Ter conhecimento de algum vocabulário básico
Onde a língua é tudo menos conhecida é complicado mas podemos sempre fazer o esforço para aprender aquilo que acho que seja básico: Olá, obrigada, com licença. Quando já estamos familiarizados com a língua é mais fácil mas vale sempre a pena recordar!

Garrafa de água vazia
Não sei quanto a vocês mas eu detesto ter que comprar água. Então o que faço? Levo a minha garrafa reutilizável vazia e depois de passar pelos seguranças posso enchê-la assim como enquanto passeio, posso enche-la numa fonte ou bebedouro ou numa casa de banho. menos poluição e menos dinheiro gasto em algo que podemos não pagar nada.