Páginas

TRAVEL GUIDE: BUDAPESTE | Matthias Church

Para além da sinagoga de Budapeste (da qual vos falarei mais à frente), esta igreja foi o único local de culto que visitei na cidade, que não é muito conhecida pelos seus edifícios religiosos, sejamos sinceros. Foi um daqueles locais onde não esperava nada de novo, pois já visitei imensas igrejas diferente, apesar de intemporais e incríveis, mas estava enganada, eu nunca tinha entrado numa deste estilo. Mesmo ao lado do maravilhoso miradouro do Bastião dos Pescadores, temos uma igreja imponente pela verticalidade e altura que te pisca logo o olho à distância e pelos detalhes tanto do edifício exterior (e o telhado, oh my god!!)  como da praça com uma estátua no centro que a aconchega.

Uma igreja de estilo neo gótico, que como é óbvio é extremamente decorada. Mas apesar de tudo os padrões complementam-se e não ficam assim tão mal juntos e as pinturas feitas à mãos estão tão bem conservadas, são impressionantes. Apesar dos vitrais (alguma vez vos confessei que sou doidona por vitrais?), achei uma igreja muito escura e também por isso as fotografias do interior não fazem jus de como era por dentro.

Fica bem no coração do distrito do castelo, foi reconstruida dos escombros várias vezes e caracteriza muito bem a história deste país pois foi palco de diversos episódios marcantes. Podemos observar no seu interior bustos das rainhas, peças decorativas de renome e uma coroa real de impor respeito somente de olhar. Foi curtinho mas delicioso!











4 comentários:

  1. Dentro do mundo arquitectónico, considero as igrejas das obras mais interessantes. Estava aqui a contemplar os vitrais da Matthias Church e a pensar no quão bonitos eram quando me apercebo do pormenor que indicaste em relação ao telhado! Uau. Religioso ou não, é impossível negar a beleza do edifício :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito da tua partilha! Desconhecia totalmente.

    Beijinho, querida :) *

    ResponderEliminar