Páginas

TRAVEL GUIDE: PARIS | Dois Locais Que Não Gostei de Visitar

Assim como recomendo locais eu também deixo de recomendar aqueles locais que não me fizeram sentir bem ou que não valem a pena. E foi isso que senti no Père Lachaise e no Palais de la Decouverte.

Primeiramente, o Père Lachaise que é um cemitério enorme que atrai muito turistas por ser o local onde estão sepultadas pessoas como o La Fonatine, Jim Morrison, Choupin entre muitas outras personalidades. Porque é que eu não gostei? Porque não é um sitio para mim, não me sinto confortável nem bem em cemitérios. Mas aquilo que me fez completamente abater foi o túmulo de uma rapariga jovem que faleceu no ataque do Bataclan. Eu não aguentei e senti-me tão mal. Ver na televisão é uma coisa mas ver as consequências dos malvados actos é muito pior. Não fotografei a campa dela por respeito, obviamente. Havia muita gente a deixar lembranças à jovem rapariga e foi muito triste. Acho só esquisitos estes locais e tudo o que os envolve e por esse motivo é um sítio ao qual eu não quero regressar. Não gosto de cemitérios, aliás nunca gostei e apesar de este ser famoso e ter algumas características interessantes este não mudou a minha opinião e sentimentos sobre estes sítios

Já o Palais de la Découverte o cenário é diferente. É um edifício belíssimo (alerta fashion geeks! Loja Elie Saab nas redondezas!)  e que deixa muito a desejar. Os meus pais tinham lá ido há mais de dez anos e continua igual, ou seja não evoluiu e não está adaptado aos miúdos de hoje. Está tudo muito ultrapassado, as colecções são pobres e por muito que eu procurasse não havia uma única legenda noutra língua que não francês. A única parte gira eram as experiências em que punham os cabelos das meninas em pé e coisas com electricidade e magnetismo. Achei muito pobre tudo, até o espaço dos dinossauros e fiquei triste porque foi um dos poucos sítios que paguei para entrar.

4 comentários:

  1. Opiniões sinceras sobre os locais são extremamente importantes e eu tento fazer o mesmo quando viajo e registo as minhas viagens no blogue. Boa publicação, Leonor!

    ResponderEliminar
  2. O Palais não visitei, mas confesso que tive a opinião oposta do Père Lachaise! Mas eu não tenho nada contra cemitérios - acho-os quase um espaço de viagem ao passado, de descoberta da natureza humana...porque faz parte dela recordar os mortos. Mas entendo, para quem não gosta de cemitérios provavelmente não é muito agradável.

    Jiji

    ResponderEliminar
  3. Espero ir a Paris num futuro próximo portanto este tipo de publicações dão imenso jeito! Compreendo o teu incómodo com o cemitério. Apesar de entender o "interesse" em visitar as sepulturas de pessoas conhecidas, também não acho que fosse algo para mim. Como dizes, é uma questão de respeito.

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  4. Eu apenas visitei o Père Lachaise e a minha opinião é contrária. A verdade é também que fui em 2010 e as experiências não são, de todo, alvo de comparações. Eu gostei imenso pelo espaço e pela "viagem". Ainda assim, compreendo a tua opinião :)

    ResponderEliminar