Páginas

PERSONAL | XVI

Há cinco anos e quatro dias atrás tinha eu dez anos mesmo à porta dos onze e o meu irmão fazia dezasseis anos naquela altura - hoje já vai nos vinte e um, vejam lá! Como miúda que era os dezasseis anos pareciam algo super distante mas tão apelativo. 

Parecia a idade em que tínhamos a vida feita e sabíamos exactamente quem somos e o que queremos e lembro-me de toda a mística dos filmes e das séries do Disney Channel onde fantasiavam em exagero o décimo sexto aniversario. Há cinco anos e quatro dias atrás, lembro-me claramente que perguntei ao meu irmão "Porque é que é tão incrível fazer dezasseis anos?" devido às dúvidas que toda esta propaganda às três mãos cheias mais um me faziam. Ao que ele me respondeu "Quando os fizeres verás!". 

Aqui estou, ainda não sei bem quem sou nem o que quero mas esta idade é deslumbrante e sim David, estou a ver o que estavas a falar. Não é mágico mas consigo perceber a bênção e a felicidade que esta idade em traz. Parabéns a mim, já são dezasseis!


2 comentários:

  1. Tens de mudar ali ao lado para "Leonor, 16"!!

    Parabéns!!! (atrasados, ou não, não sei o post não tem data xd)
    Confesso que os meus dezasseis anos foram marcantes, no mau sentido, muita coisa aconteceu. Mas é verdade, há qualquer coisa neste marco de idade!

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me particularmente bem dos meus 16 anos, especialmente porque foi o ano em que casei os anos, houve uma mega festa... Pessoalmente, não gostei nada dos 16 anos... nem dos 18! Mas senti as "luzinhas" quando fiz 20. Gostei muito de ter 20 anos :)

    ResponderEliminar